Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

A federação, a etiqueta e o terror

Ante-ontem à noite andava eu por estas bandas, quando ouço tiros lá fora. Percebeu-se distintamente um, dois tiros, seguidos de uma rajada e uma dezena ou duas de tiros soltos.
Analisemos por partes. Que estou num país onde o terrorismo existe já eu sabia, o que não sabia é que estava tão próximo da minha porta.
O que se passou foi que a 50 Km de Alger, numa vila piscatória simpática de nome Tipaza com ruínas romanas e tudo, onde costumo ir beber qualquer coisa, houve um atentado nessa noite. Suponho que a polícia terá ficado nervosa e tenha começado a ter o dedo leve, daí os disparos perto daqui do hotel. É bom lembrar que existem polícias de metralhadora em punho a cada Km ou dois. Confirmei hoje que houve 22 mortos e vários feridos, apesar dos jornais falarem em 14.
Os terroristas reclamam a presidência do país após terem sido depostos pelos militares, aquando das eleições democráticas em 1993 que ganharam. Na noite da vitória mataram 50 líderes da oposição, sendo o balanço 500 mortos ao fim de um mês. Durante os 3 anos que governaram, houve diversas alterações à legislação deste país, considerado o mais liberal e ocidental dos países islâmicos, acabando por serem depostos pelos militares liderados pelo presidente actual.
Para não variar, endureceram muito os costumes, impuseram e continuam a querer impor pela força uma cultura que divide mais do que agrega.

Para quem tiver mais um pouco de curiosidade, aqui fica o artigo do Le Monde: Atentado

-------------------------------------------------------------------------------------------

Espreitava eu o Le Monde quando dou de caras com um artigo sobre, pasmem, um estudo do El Pais, sobre a hipótese de transformar a península Ibérica numa federação!!!!!! :) :) Mas os espanhóis perderam o juízo!?!? Ahhh não acreditam!?!? Vejam, vejam com os vossos próprios olhos a anexação eminente!!! Estudo do El Pais

Abram a pestana meus caros! Os meninos daí do lado nunca quiseram saber de Portugal para nada e felizmente continuam na mesma, mas sempre existiram por lá facções integracionistas. O nosso país tem uma identidade cultural única e não pode ser por termos vendido as nossas melhores empresas aos espanhóis, que vamos agora perdê-la. Deixem-se lá de aceitar todas as ideias peregrinas dos políticos, porque quer os espanhóis, quer os portugueses só querem mais uns lugares para atribuir.
Não estão já mesmo a ver? São as juntas de freguesia, as câmaras, o parlamento nacional, seria um senado ibérico e o parlamento europeu!!!!! Interessante para quem paga impostos, não é?
--------------------------------------------------------------------------------------------------

Chega de política, voltemos aos costumes... :)
Aqui fica uma demonstração de uma empresa que seguramente se inspirou no simplex (desculpem... a tentação foi imensa :)). Simplifiquem!


Aqui fica um video gravado em Lisboa... Lisa Stansfield - Change.
Apre! Que a mulher é "hot"... a personificação da sensualidade. (são opiniões) :)

 


publicado por BigJoao às 01:09
link do post | Comentar retratos | favorito

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A garrafa

. Amei

. Voo razante

. Dias sempre iguais

. O mundo mudou

. Acorda Portugal

. A elevação

. e tu?

. O retorno

. A sentença

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

SAPO Blogs

.subscrever feeds