Quinta-feira, 6 de Dezembro de 2012

Luanda

Com o visto no passaporte entrou no avião. Sete horas bastavam para por o pé naquela terra vermelha de Luanda... de África. Uma semana em Luanda não deu para ver nada, só para aguçar ainda mais o apetite.

 

À saída do avião 29 graus de temperatura e um ar cheio de aromas distintos, únicos. Sempre aquela estranha sensação de que continuamos em casa. Sempre a ideia que as atitudes são semelhantes, a cultura é igual.

 

A ilha, a marginal, o Banco Nacional de Angola, lindos! Tudo arranjado, é lindo.

 

Amei lá estar. Podem dizer tudo, que está tudo estragado, eu sei lá... mas é fantástico. :)

 


publicado por BigJoao às 00:08
link do post | Comentar retratos | favorito
Domingo, 8 de Abril de 2012

O desânimo

Esperou de olhos fechados que o despertador tocásse. Ouvia o som do ponteiro dos segundos, cada clique soava como se andasse alguém de salto alto no andar de cima... devagar... muito devagar.

O despertador tocou. Sentou-se na cama com os pés no chão sem intenção de se levantar. Os braços fortes, pesados sobre as pernas, as mãos grossas inertes, as unhas paradas. Acordou já cansado, deixou o desânimo ainda deitado na cama e durante meia hora fez os gestos automáticos que sempre fazia, tudo o que sempre fazia.

 

 

Ficou pronto mas não tinha nenhum sítio onde ir. A fábrica continuava a funcionar, mas era praticamente só um armazém, um entreposto de produtos importados da China. Na sua idade poucas alternativas de emprego existiam, podia guiar um taxi, ser segurança, mas as alternativas eram poucas ou nenhumas e os empregos poucos.

Os filhos andavam nas suas vidas, com os seus problemas, não queria ocupá-los com os dele, nem ser um peso. Não se sentia útil. Sentia-se excedentário, a mais.

 

A mão rodou a maçaneta da porta. Não sentiu o vento frio a bater-lhe na cara, nem reparou nos olhares das pessoas, começou a andar sem rumo. Sentou-se na paragem de autocarro e olhou para os pés. Envergonhado voltou para casa, tinha saído de pantufas calçadas.

A cabeça sempre ocupada, sempre a pensar em círculo, é o que é e é no que dá.


publicado por BigJoao às 03:56
link do post | Comentar retratos | favorito
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Oh my God!!!!!

Ainda nem acredito que o 1º ministro de Portugal veio sugerir aos professores sem trabalho que emigrem!!!! {#emotions_dlg.sad}

 

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/emigracao-passos-ia-borrando-a-pintura (não encontrei a entrevista, só o comentário)

 

Este problema tem várias dimensões, senão vejamos:

 

Os cidadãos portugueses na pessoa do estado, pagaram com os seus impostos as licenciaturas de talvez 99% dos professores a que este senhor se refere e agora somos confrontados com a possibilidade de terem sido gastos milhões a formar técnicos que afinal não eram precisos!? Quem fez este planeamento desastroso (sobretudo para os agora desempregados)!?

 

Se os técnicos mais qualificados da sociedade portuguesa não têm lugar no mercado de trabalho nacional, então que espécie de país estamos a construir!? Esta pergunta não é mera retórica.

 

Qual é a estratégia política deste governo para o país!? Qual é a visão do governo para o futuro de Portugal? Quando se recomenda a cidadãos nacionais que emigrem, está-se a reconhecer implicitamente a própria incompetência para definir um rumo, para encontrar soluções para o país. Podem estas pessoas continuar a governar!? Se eu estiver desempregado e não tiver dinheiro para alimentar os meus filhos, devo virar-me para eles e recomendar que saiam de casa!?!????

 

Onde está o presidente da república nesta hora infeliz!?!? Sim, esse moribundo que contradiz como presidente todas as políticas que defendeu como 1º ministro!! Esse cidadão que aniquilou as pescas e agora as quer de volta, esse fulano que enterrou a agricultura e agora chora por ela...

 

Este senhor tem a "lata" de recomendar os melhores destinos de emigração!?!? Já cometemos outros erros do género na nossa história, lembro que D. Manuel II expulsou os judeus e estes levaram com eles o conhecimento e a cultura para a Flandres, ou o outro que fugiu para o Brasil com toda a corte e a coisa só acalmou com as revoluções liberais, um eufemismo para guerra civil.

 

Este aprendiz de feiticeiro vai acabar por nos aniquilar a todos. O liberalismo económico (prefiro chamar-lhe capitalismo selvagem), por muito fascinante que seja em termos teóricos, tem de entender que falamos de pessoas, não de mercadorias. As pessoas quando não comem... partem, roubam, estragam, levam tudo à frente... ninguém está a salvo. Os mercados podem até chegar a um equilíbrio e corrigir-se, mas pelo caminho fazem muitas baixas.

Os mercados têm de ser regulados como aconteceu no pós 1929. A Europa não quer tomar a decisão de limitar o poder económico e vai ficar refém dele (já o é). Acabaram-se os anos de prosperidade económica, acabou-se o estado social.

 


publicado por BigJoao às 01:54
link do post | Comentar retratos | favorito
Sexta-feira, 18 de Fevereiro de 2011

Capítulo III

Abriu o frigorífico quase sem vontade de ver, sem fome que o justificasse. O pote daquele doce que lhe tinham dado continuava fechado com o mesmo bolor que tinha na semana passada, no mês passado... parecia que sempre lá tinha estado.

- Será que os outros alimentos percebem que o bolor ali está e começam a produzir o seu próprio? Talvez sejam competitivos...

Voltou a fechar a porta sem nada tirar e dirigiu-se à sala. Olhou os livros um pouco por todo o lado, não lhe apetecia ler, nem o que tinha começado nem nenhum outro. A Tv não passava nada de jeito há uns anos. Gostava de ver o "Biggest Looser", um programa em que os concorrentes profundamente obesos, gordos em todos os aspetos em que se pode sê-lo, se esforçavam por perder peso, por mudar de vida. Recuperavam as formas, a expressão, as caras, os traços no rosto, a vontade. Tinha perdido o último episódio da série e não sabia quem tinha ganho... mas não interessa. Todos ganharam.

Da aparelhagem de som parecia-lhe que não saía nenhum som repousante, só sons ansiosos. Pegou no casaco e saiu. A desarrumação em casa não o deixava lá estar sem uma pontinha de sentimento de culpa por nada fazer, por não arrumar. Atravessou a entrada do prédio e saiu. Uma chuva miudinha esperava-o à porta e acompanhou-o até ao carro a sussurrar-lhe desconforto. Arrancou ainda sem ter a certeza onde ia. Decidiu ir até Alcochete, era suficientemente longe para pensar no porquê do desconforto que o envolvia e só conseguia pensar em coisas boas associadas a essa terra.

Alcochete 1

Sempre em linha reta lembrou os dias em que, na auto-estrada devorava quilómetros em nome de emoções. Nunca lhe custaram a fazer enquanto as emoções o esperaram no fim da viagem, quando o abandonaram, a distância tornou-se pesada, sem sentido. A lembrança de tudo o que viveu deixou-lhe a vista enublada, tantas horas a falar, a tocar, a sentir, a ouvir. Os sentimentos à flor da pele, o prazer de estar, de ver sorrir, de conhecer... tinha saudades de tudo isso. As suas vidas tocaram-se para logo se afastarem, numa dança de coreografia exótica. Estranho como as coisas se evaporam, se desfazem, se desmontam. Só nos resta guardar a lembrança do todo e algumas peças, se for caso disso.

Em Alcochete esperava-o um café num sítio indistinto igual a tantos outros, com sons de máquinas de moer café, de cervejas a serem abertas, de colheres a baterem em pratos, de registadoras. Há aqui uma devoção a D. Manuel I só porque nasceu ali, como se não tivesse sido um tonto, indigno primo e herdeiro de D. João II. Um tipo que expulsa os judeus só para agradar aos vizinhos espanhóis, que instaura a inquisição pelos mesmos motivos... acho que está tudo dito.

 


publicado por BigJoao às 15:11
link do post | Comentar retratos | favorito
Sexta-feira, 25 de Setembro de 2009

Esses Loucos anos 80

Hoje quis viajar no tempo.
Reportei-me à época e lá me fui lembrando de algumas coisas que se ouviam nos anos 80.
Adivinhem o que estive a ouvir!?!? :) :)

The Buggles - Video Killed The Radio Star
http://www.youtube.com/watch?v=Iwuy4hHO3YQ

Human League - "Don't You Want Me" ..Baby?
http://www.youtube.com/watch?v=arUqoKjU3D4

A Flock Of Seagulls - I Ran
http://www.youtube.com/watch?v=uUjIA3Rt7gk

Madness - Our House
http://www.youtube.com/watch?v=4p4RWBCEFRo

Dexys Midnight Runners - Come on Eileen
http://www.youtube.com/watch?v=oc-P8oDuS0Q

New Order - Blue Monday
http://www.youtube.com/watch?v=BGbr32Hn3bo

Bruce Springsteen - Dancing in the dark
http://www.youtube.com/watch?v=hEJ26h_cBqQ

Johnny Hates Jazz - Shattered Dreams
http://www.youtube.com/watch?v=VkJrz_zsFyU

Rick Astley - Never Gonna Give You Up
http://www.youtube.com/watch?v=UGS8re8cIVI

Joe Jackson - Steppin' Out (esta é só porque adoro)
http://www.youtube.com/watch?v=mJVQLUZEFN4


Talk Talk - It´s My Life
http://www.youtube.com/watch?v=5ixRWvrkUHo


A Ha - Take On Me
http://www.youtube.com/watch?v=_EXxMlIExpo

Alguém quer contribuir!?!? :) :)
:)


publicado por BigJoao às 20:53
link do post | Comentar retratos | favorito
Quinta-feira, 19 de Fevereiro de 2009

Le Chameau

Meus amigos... pelas centenas de cartas, postais e post'its que recebi, pareceu-me que já estranhavam a minha ausência! :)

Devo dizer-vos que tenho tido dos dias mais animados do último ano. :) Desde ocorrências com camelos, a cenas de "praticamente" pugilato, de tudo se tem visto, por esta terra em que Alá deposita tanta esperança. Vou contar algumas, mas em estilo telegráfico para não maçar. :)

Fim de tarde. Na viagem trabalho-hotel aproveito para dormir. O motorista (o porreiraço) acorda-me e diz-me que estão ali camelos e eu tinha-lhe dito que gostava de ver. Pergunto se não há problema e aí vamos os dois, comigo à frente a dizer mal da vida por logo nesse dia ter esquecido a máquina fotográfica. Os "chameau" ali e eu a ter de usar o telemóvel... começo a fotografar, já ia na terceira quando começo a ouvir uns gritos "sauve toi!!", oh diabo!!! O camelo corria na minha direcção e vinha ligeirinho!!!! A partir daqui as versões dividem-se... ele diz que eu tropecei e até andei de quatro patas :) :), eu não me lembro disso. Lembro sim, de ele ter caído uma primeira vez, e uma segunda quando o alcancei. Parei solidário e virei-me para enfrentar o animal!!! Felizmente o bicho já estava a parar, tenho a certeza que estava a rir-se!! :)

Viemos no carro a rir até chegar ao hotel, enquanto ele dizia "C'est pas possible!!! C'est un souvage ce chameau"!!! O que nós rimos, não tem explicação.


Aqui está o animal já em plena carga e eu feito parvo, sem me aperceber e a olhar para o telemóvel! Ah ah ah.

A cena de quase pugilato vai ter de ficar para outra altura. :)

PS: Boa notícia, finalmente consegui internet no trabalho. Não vou ter tempo para postar, mas... nunca se sabe quando é que apetece.


publicado por BigJoao às 03:14
link do post | Comentar retratos | comentários aos retratos (1) | favorito
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Galileu

Quando Galileu descobriu que a Terra girava, já os bêbados o sabiam há séculos. :) :)


publicado por BigJoao às 09:42
link do post | Comentar retratos | favorito
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Dá que pensar

Os políticos tal como as fraldas, devem ser mudados frequentemente e pelos mesmos motivos...
Eça de Queiroz


publicado por BigJoao às 12:21
link do post | Comentar retratos | favorito

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Luanda

. O desânimo

. Oh my God!!!!!

. Capítulo III

. Esses Loucos anos 80

. Le Chameau

. Galileu

. Dá que pensar

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

.Contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds