Quarta-feira, 30 de Novembro de 2016

A garrafa

Seguro a garrafa de vinho branco molhada e gelada, e encosto à cara. Sinto o inchaço a diminuir, mas vai voltar se retirar a garrafa.

O toque suave da garrafa lisa e fria dá-me uma boa sensação. A dor no dente passa lentamente.

Bzz.jpg

 

Os dias andam cinzentos. Apesar de até ter voltado à guitarra e de ter deixado crescer as unhas para tocar melhor, isso não me tem garantido dias de verão e brisas ligeiras. As pessoas desiludem-me continuamente, sobretudo as desconhecidas. De alguma forma isso tem-me afectado... os deconhecidos. 

 

Se controlo a minha vida, então porque deixo aos desconhecidos o poder de me desiludirem? Que ilusão podem os desconhecidos ter-me criado, sendo desconhecidos? Pode ser a ilusão de que um desconhecido pode sempre aparecer e resolver-me os problemas todos. Um terrorista por exemplo. Até porque este ano têm caído como tordos grandes figuras de todas as áreas. Será que vou ter que reconhecer que não sou (nem serei nunca) uma grande figura seja de que área for? Nãooooo!!!!! Isso não é possível. :)

 

Vou matutar no assunto e depois logo vejo. Deixa lá por novamente a garrafa gelada na cara.

 

James - Sit Down (2001 final live performance )

 


publicado por BigJoao às 17:36
link do post | Comentar retratos | favorito

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A garrafa

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

.Contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds