Segunda-feira, 5 de Agosto de 2013

Citação e queda

Cito

 

A vida vai torta, Jamais se endireita, O azar persegue, Enconde-se à espreita

 

Sinto a luz nos olhos e desvio a cara. Tento ver através do reflexo da montra. A lista de empregos disponíveis parece uma coisa genérica, abrangente, metálica. Quase como se não tivessem pedido nenhum de nenhum empresário, mas se entrar algum, têm um dossier de respostas pronto a mostrar.

 

Nunca dei um passo, Que fosse o correcto, Eu nunca fiz nada, Que batesse certo

 

Meto a chave à porta, rodo-a e abro a porta. Está tudo igual, nos mesmos espaços, na mesma lentidão de gestos estáticos. Fecho a porta deixando os ruídos da rua mais distantes. Cada gesto produz os sons esperados, nenhuma surpresa.

 

Enquanto esperavas no fundo da rua, Pensava em ti e em que sorte era a tua, Quero-te tanto...(quero-te tanto), Quero-te tanto...(quero-te tanto)

 

Ligo o PC e tento lembrar-me da lista de tarefas que tinha feito mentalmente quando voltava para casa. Pego no envelope da conta da água e tento escrever os items da lista. A vida corre devagar.

 

De modo que a vida, É um circo de feras, E uns entre tantos, São as minhas feras

 

O estomago chama-me. Levanto-me do PC e vou até à cozinha. Abro o frigorífico e espreito para dentro... não me apetece nada. Vou até à despensa, acendo a luz, espreito e ... massa, arroz, salsichas, atum, bolachas... ora bolas, devia ter comprado fruta. Daqui a pouco já faço o jantar.

 

Ornatos Violeta - Devagar


publicado por BigJoao às 02:39
link do post | Comentar retratos | favorito
Segunda-feira, 1 de Julho de 2013

A pele

Não sou de entrar no mar de rompante. Preciso de entrar devagar, permitir que o corpo se habitue à temperatura da água.

Chego à beira do mar e paro com a rebentação a chegar, no máximo, abaixo do joelho.

A hora que passei ao sol faz sentir os seus efeitos. Cada centímetro de pele seca atingido pela água provoca um calafrio.

 

 

Quando uma onda me molha o baixo ventre sinto tudo a congelar. Até o cérebro! Por momentos fico imóvel com um esgar de sofrimento na cara, como se me estivessem a arrancar o figado pela boca. Talvez seja esta a demonstração que os homens só pensam com a cabeça de baixo.

Ainda falta a barriga. Só de pensar nisso estremeço! Molho as mãos nesta onda e ponho-as na barriga. Assim já se vai habituando... calculei mal a distância e parece que esta onda vai-me molhar a barriga.... ahhhhhhhhhh safa!!! Caramba! Isto hoje está frio!

 

Com a barriga já molhada, deixou de haver motivo para não mergulhar. Vamos acabar com isto!

Mergulho de cabeça na onda que me parece maior. Sinto que a cabeça até parece encolher enquanto dou duas braçadas debaixo de água. Volto à superfície e sopro com força. De alguma forma o sopro parece alíviar o frio. Tenho que me mexer. Dou dez braçadas vigorosas num estilo parecido com o Crawl. Volto para trás em bruços e paro.

Está boa! Espectacular!!!!

Daí a 20 minutos saio da água revigorado, tonificado.

"Está espectacular", digo...

 

Quem vir de fora, até parece que não me custou a entrar. :)

 

 

 

Ornatos Violeta - Coisas


publicado por BigJoao às 21:04
link do post | Comentar retratos | favorito
Segunda-feira, 6 de Maio de 2013

Estado gasoso

Dave Matthews Band - If Only

 

 

Hoje levantei-me e passei o dia a fazer coisas. Coisas. Nem me lembro bem o que fiz, mas sei que fiz algumas das coisas que tinha que fazer.

Parece que ando a meio metro do chão. Costumo associar este estado à paixão, mas isso não existe neste momento, talvez seja a nostalgia da paixão.

 

Foto de Walker Evans

 

Há quem defenda que é mau estar apaixonado, mas não me sinto vivo sem paixão, sem amor. Por isso fiz coisas... é o que vou fazendo sem essa emoção que me devora, que me controla.

 

Mudei de casa. Enquanto tiro os livros dos caixotes e os arrumo, encontrei "Os versos do capitão" do Neruda e vieste-me à memória. Tu e a determinação incontrolável que sentia de te ter, de te fazer e ser feliz. Parece inacreditável como continuas viva dentro de mim, como se tivessemos estado juntos ontem. Como se ainda te sentisse o cheiro, o teu corpo contra o meu. Como se ainda sentisse a pele na pele. Se quiser, consigo lembrar-me dos detalhes do teu corpo, dos teus gestos.

 

A vida continua. Fiz uma massada de goulash com caril. Não sei se faça sopa, mas não me apetece sopa; faço amanhã.

Tanta coisa para fazer e tu a pensar em disparates... se não dá, não dá, porque é que insistes!?


publicado por BigJoao às 23:11
link do post | Comentar retratos | comentários aos retratos (1) | favorito
Sábado, 24 de Março de 2012

Os dias

Ouviu o barulho leve das ondas de rio a borbulharem na margem. A noite estava clara e os reflexos viviam na água numa espécie de competição de pirilampos. Ao longe os ruídos do cais a oxcilar ao sabor da ferrugem e das ondas. Sentiu a margem plena de vida, dentro e fora de água.

 

Tejo à noite

 

Qualquer coisa não estava bem. As emoções desarrumadas dentro de si, a constante angústia, ansiedade, mal estar, não sabia...

 

Levantou-se do banco de pedra e caminhou ao longo da margem. A temperatura anormalmente quente para a altura do ano, a arrogância intelectual dos políticos troiqueiros, indiferentes ao sofrimento que provocam, tudo lhe ocupava a mente.

- Dê-me uma moeda. Pediu alguém. Abanou a cabeça sem prestar atenção.

Avançou em direcção ao carro, procurou a chave no bolso e entrou. O telefone tocou.

- Está!? Olá mãe... não, hoje não me dá jeito ir aí jantar... pode ser antes na sexta? Na sexta estou com os miúdos... ok. Beijinhos.

Meio sonâmbulo arrancou, fundindo-se no escuro da noite.

 


publicado por BigJoao às 20:18
link do post | Comentar retratos | favorito
Quarta-feira, 20 de Abril de 2011

O anzol

A tarde preguiça e espreguiça-se enquanto se arrasta indulente num desfolhar de horas que jazem inertes, já gastas pelo chão. Finalmente encosta-se à noite suave e calorosamente, misturando-se até se tornarem numa só.

 

 

Tenho saudades de quando fumava. Havia sempre companhia dentro de cada cigarro. Havia sempre alguém com quem partilhar aquela fraqueza que entra pela boca e queima o seu caminho, até finalmente espalhar o seu calor nos pulmões. Uma leve tontura após cada passa, os olhos a arder por cada vez que o fumo lá chega. A roupa e o interior do carro sempre cheios de cinza, a cheirar a tabaco ou, o que é pior, a cheirar a tabaco frio. Lembro tudo isto sem pena de ter deixado nem recriminação de quem ainda fuma.

 

 

 

 

Sinto que as coisas comigo acontecem sempre fora de tempo. Devo ser eu, deve ter a ver comigo, com a minha forma de estar.

Já me acusaram de ser racional, mas o que sinto é exactamente o contrário. Sinto que ando sempre a sofrer as consequências de ser impulsivo, mas a verdade é que as sofro sem arrependimento.

Sinto tanta falta de algumas pessoas cá dentro... de quem não esqueci, de quem não quero esquecer, de quem quero lembrar. O tempo faz o seu trajeto implacável e esboroa rochas outrora sólidas, esbate cores outrora garridas. Só não descolora o que sentimos, isso fica cá dentro no quentinho, no aconchego do que nos é querido.

 

Sou como as crianças, necessito de confirmações...


publicado por BigJoao às 16:01
link do post | Comentar retratos | comentários aos retratos (2) | favorito
Domingo, 4 de Outubro de 2009

Salão Automóvel de Alger

Hoje houve animação aqui para os lados do deserto. :)

Abriu o esperado salão automóvel de Alger. Como nunca acontece nada por estes lados, uma coisa assim gera logo um sururu.
O salão é ao lado do hotel, pelo que fui a pé (yupi!!! Finalmente consegui ir a pé a qualquer lado :) ).
Uma fila enorme para os bilhetes (0,30€), mas atenção! Uma fila argelina!! Quer dizer que não é bem uma fila, é mais um monte de gente lado a lado, a "encostar" o ombro para passar à frente.
Lá entrámos.

 

O pavilhão da VW, Skoda e Audi foi o mais arrojado. Foi quando entrei que percebi porque é que o hotel tinha sido invadido por um exército de modelos loiras a falarem uma língua incompreensível. Ali estavam elas! As malucas que ontem à noite foram tomar banho na piscina do hotel, como se estivesse calor!!! :)

Aqui fica uma foto. Esta rapariga ainda me deve estar a amaldiçoar!! Após ter-lhe pedido para tirar esta foto com ela, os argelinos perceberam que também podiam... quando olhei para trás, estava rodeada de rapazes a querem repetir o número. :) :)



A quantidade de marcas chinesas expostas é impressionante. Carros com aquele ar das coisas chinesas que só vão durar 3 meses... :) Aqui fica a foto de um desses carros. Uma "pileca" onde foi muito difícil entrar, com o preço de 6000€. Tive que fechar a porta com cuidado, com medo que se desconjuntasse.



De resto!? Marcas chinesas a imitar os Mercedes, marcas chinesas a imitar o Fiat Panda, marcas Iranianas a imitar os Peugeot. Uma riqueza e abundância de imitações. :)
Deviam ter banhos públicos nestas coisas... inclusive para os expositores... if you know what I mean...

Cá fora aproveitava-se para fazer negócio. Um lugar no parque do futuro Carrefour custava 1€ (um escândalo de ladroagem), um trânsito infernal e, claro, carros a passar e a estacionar por tudo quanto é sítio.

Bem hajam


publicado por BigJoao às 00:10
link do post | Comentar retratos | favorito
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

Que treta

Esta treta dos computadores dão-me cabo da cabeça!!!!

Ando às voltas com o meu desde que foi re-instalado. Não consigo fazer nada do que quero. Arre!!
Parece que já consigo vir aqui à net... haja tempo...

:) :)

Felizmente nem tudo corre mal... continuo por cá pelo burgo... :) porquê!? Parece que houve problemas com o visto e tal... :) não fui eu, heim!?!? Enfim... amanhã já sigo viagem, por isso, não me posso rir muito.

Tenho uma colega que foi para a Alemanha, a achar que ia para o primeiro mundo, etc, etc... tem sido tratada de uma maneira... que deixaria um argelino chocado! :) :) Um hotel no fim do mundo, sem restaurante, ninguém com quem falar, ninguém para a receber... enfim, rapariguinhas novas, com medo de falar com as pessoas, é no que dá. :) :) Se jogásse na equipa aqui do Big, perguntava logo onde é que havia uma tasquinha ali à volta, arranjava um entendimento com um taxista e ia conhecer aquilo... :) :) :)


publicado por BigJoao às 10:55
link do post | Comentar retratos | comentários aos retratos (1) | favorito

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.posts recentes

. Citação e queda

. A pele

. Estado gasoso

. Os dias

. O anzol

. Salão Automóvel de Alger

. Que treta

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds