Segunda-feira, 23 de Maio de 2011

...e voto em quem!?

Da esquerda para a direita, como na leitura ocidental? Ou da direita para a esquerda, como no mundo árabe?

 

Vou abordar o problema de forma cartesiana e no estilo engenheirite. Trata-se obviamente da minha opinião.

 

CDU:

(+)

- Preocupação com as desigualdades sociais.

- Faz a Festa do Avante todos os anos. :-)

(-)

- Não acredita verdadeiramente na democracia, nem tem propostas credíveis.

- Não negociou com o FMI, como se o dinheiro não fosse importante, que mais não fosse para pagar reformas e salários de Julho.

 

BE:

(+)

- Congrega pessoas que pensam diferente, nem sempre boas ideias, mas diferentes.

- Verdadeiras preocupações ambientais, sem querer impingir uma forma de estar na vida (como os Verdes).

(-)

- Não esteve com o FMI. Deixou passar a oportunidade de propôr outras medidas para ter acesso ao empréstimo a 5%, quando o mercado só emprestava a 9 e 10%

- Detestava ver um radical como o Francisco Louçã, um tipo que transpira rejeição pelo dinheiro, ter poder.

 

PS:

(+)

- Implementou o plano tecnológico e o Magalhães (embora não tenha ensinado os professores a aproveitar o equipamento).

- Tentou avaliar os professores.

(-)

- Deu cabo do país endividando-o acima do razoável e agora andamos a pedir emprestado para pagar juros de uma dívida que não pedimos.

- Não exerceu a sua função reguladora nem fiscalizadora (com a nobre e louvável exceção da ASAE).

- Desautorizou e manipulou o sistema de justiça. O procurador vai ter uma estátua... no mínimo.

- Tem como líder o maior autista político de que tenho memória. Vamos perder o estado social à conta dele.

 

PSD:

(+)

- Um líder que parece ser normal e honesto (porque é que isto me parece um defeito?).

- Pretende incentivar a economia incentivando as empresas (precisamos de premiar o mérito das empresas) e cortando gradualmente os benefícios (Sub desemprego e reformas). Quem não tem dinheiro não tem vícios.

(-)

- Aproxima o país de um capitalismo selvagem, deixando vigorar a lei do mais forte.

- Tem os interesseiros todos à espera da vitória para assaltarem a "coisa pública". Se não correrem com os que lá estão agora a ganhar, vai ser mau.

 

CDS/PP:

(+)

- Discurso responsável e de estado.

- Quer revitalizar a agricultura e as pescas!!!!!!!!!!!!! Eis um conceito que todos entendemos, trabalhando, ganhamos todos.

(-)

- Aumentar as pensões de reforma.

- Acredita na caridadezinha.

 

MRPP:

(+)

- Garcia Pereira.

(-)

- Se chega ao governo, é a desgraça. =)

 

Conclusão:

 

Se continuar a acreditar no sistema político e que a democracia vai funcionar, voto no PSD ou CDS. Porque vou acreditar que os líderes vão acabar com o desperdício e regular o funcionamento das empresas públicas e moralizar o estado.

 

Se quiser votar no protesto, voto BE ou MRPP. Porque vou querer ideias novas e soluções diferentes para um regime em crise. Ameaçar sair da moeda única pode ajudar os alemães e franceses a aceitarem pagar o dinheiro a 4% em vez dos 3%, impedindo-nos de pensar que se estão a aproveitar da nossa infelicidade.

 

Votar na CDU, no PS ou abster-me é a mesma coisa. Declarar a falência do país.

 

 

Tenho agora a campanha para decidir: P. Passos Coelho ou Francisco Louçã? Paulo Portas ou Garcia Pereira?

Fascina-me ter o Garcia Pereira no Parlamento!!!! =)


publicado por BigJoao às 11:07
link do post | Comentar retratos | favorito
8 comentários:
De Cláudio a 31 de Maio de 2011 às 10:07
O meu comentário foi apagado ?


De BigJoao a 31 de Maio de 2011 às 23:17
O seu comentário está em baixo.


De Cláudio a 30 de Maio de 2011 às 16:51
Boa tarde,

Ao ver as opiniões negativas em relação à CDU, lembrei-me de uma declaração de Bernardino Soares que dizia o seguinte:
"O PCP está solidário com o povo grego e recusa este empréstimo à Grécia. As condições que estão subjacentes aos empréstimos à Grécia significam congelamento de salários e pensões, corte de subsídio de férias e Natal, redução brutal do investimento público, encerramento de serviços públicos e privatizações. A União Europeia deve ajudar a Grécia. Mas o que está aqui em causa não é uma ajuda, é uma condenação ao atraso, à dependência, à crise social.»

Quero com isto dizer o seguinte, a CDU recusou falar com a Troika estrangeira(sim porque cá também há uma ou várias) por várias razões, não seria(não foi) uma negociação mas uma imposição. Medidas que o conhecido FMI irá aplicar em Portugal, para afundar o país, tal como está a afundar a Grécia e a Irlanda ? Não, obrigado.
Agora eu acrescento a minha opinião pessoal:
O FMI entrou em Portugal chamado por um governo de gestão, pela pessoa do sr. 1º Ministro demissionário, eu repito, demissionário ! Sem consultar os portugueses nas próximas eleições.
Um 1º ministro demissionário que disse que não iria governar com o FMI em Portugal. Passada 1 semana dizia que tinha de entrar o FMI e logo depois que se voltava a candidatar !

Depois, quanto ao ponto de "não acreditar na democracia", nem ter propostas crediveis, terá de conhecer os estatutos do partido(CDU e Os Verdes) e as suas propostas de lei na AR, assim poderia tirar a conclusão de que o PCP e a CDU defendem uma verdadeira democracia e não esta pseudo-democracia em que os boys têm todos poleiro que quem vinga é o corrupto que sai ilibado dos tribunais. Num país em que 80% da população detém 20% do capital, é isto que é uma democracia ?
Essa frase está batida e estafada e nada tem haver com o caracter democratico que o PCP e a CDU sempre tiveram, aliás as provas dadas de pluralidade nas camaras municipais são mais que muitas, ao contrário de outros partidos ! (Olhe-se para a Madeira).

Será importante dizer não a 35 anos de (des)governo PS, PSD e com CDS à mistura que atiraram o país para este estado de calamidade, de desemprego, de precariedade, de pobreza, de endividamente. É preciso reforçar a votação na CDU e aumentar o nº de deputados na AR, é para isso que servem as eleições legislativas e não para colocar lá uma pessoa. Aumentar os deputados da CDU é dar confiança à defesa dos que trabalham, dos que vivem da sua pensão, dos jovens que procuram emprego, dos pequenos e médios empresários que pagam 25% de IRC enquanto os grande pagam 13%.
É sem dúvida o voto de confiança numa politica de esquerda ! O voto na CDU NUNCA traí os eleitores.


De BigJoao a 31 de Maio de 2011 às 23:28
Caro Cláudio,

Agradeço o seu comentário e respeito a sua opinião. Não a partilho mas respeito.
De repente o seu comentário fez-me lembrar as soluções defendidas por algumas câmaras comunistas para os bairros clandestinos. Outros partidos defendiam a construção de habitação social e realojamento, os comunistas alcatroavam as ruas desses bairros. Havia casas que ficavam com desníveis enormes para o alcatrão, a ponto de ficarem com garagens inutilizadas.
Uns defendiam uma solução estruturada e estruturante, outros preferiam dar uma alegria imediata às populações, garantindo o voto. Criavam enormes problemas de toda a espécie, mas naquele momento as populações eram felizes.


De Anónimo a 25 de Maio de 2011 às 12:37
Inspirador, este post :) Obrigada já decidi :) Que alívio!


De Anónimo a 25 de Maio de 2011 às 12:38
J :)


De Amelie_Poison a 24 de Maio de 2011 às 09:46
No dia 5 vou sentir-me como uma tola no meio da ponte.... ou suicido-me (vou votar) ou deixo que me empurrem (abstenho-me). :(


De BigJoao a 24 de Maio de 2011 às 20:24
Vota no MRPP Amelie, MRPP. =)


Comentar retrato

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. A garrafa

. Amei

. Voo razante

. Dias sempre iguais

. O mundo mudou

. Acorda Portugal

. A elevação

. e tu?

. O retorno

. A sentença

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

.Contador

SAPO Blogs

.subscrever feeds