Sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Atentado

Meus caros amigos e amigas,

Seria muito azar, mas pode acontecer este vosso amigo vir a finar-se num destes atentados que ocorrem neste país. :) Caso isto aconteça, deixo-vos os meus blogs, que são quase todos os meus parcos haveres virtuais. :)
Vem isto a propósito de um ataque que ocorreu hoje, com cerca de 20 (!!!!!) vítimas, 18 nos números da imprensa do governo e 24 nos números menos alinhados. Mesmo que sejam 18, é muita gente!! Ok, pronto, foi a 200Km de Alger, mas mesmo assim... complicou ainda mais o trânsito! :)

Eu sei que não devia brincar com este assunto, até por existir um lado humano associado a estas coisas, mas sou mesmo assim.

Houve outro há um tempo, até mais próximo (100Km), em que morreram 2 italianos numa bomba de gasolina, mas não foi tão marcante. O que me impressionou neste atentado foi um aspecto muito prosaico. Os bombistas fugiram depois de matarem a tiro os militares feridos, retirando-lhes as armas e os uniformes. Sem comentários, já imaginaram a cena!?



Estando num país pródigo em contradições, Portugal visto à distância ainda parece mais ridículo.
É absurdo continuarem a discutir pessoas na política portuguesa. É uma discussão "pequenina" e sem grandes avanços. Onde está a discussão construtiva e sem demagogia sobre o ensino, sobre os resultados das várias reformas, sobre o TGV, ou outros investimentos públicos?

Em vez disso, vejo um governador do banco de portugal, pornograficamente pago, sacudir a água do capote, numa atitude de desresponsabilização completa sobre um assunto da sua inteira responsabilidade! É o despudor!!!
Em vez disso, vejo a lei do financiamento dos partidos chegar perigosamente à beira da aprovação, permitiria novamente o financiamento descarado dos partidos, com malas de dinheiro de "privados"... tenham vergonha!
Em vez de ponderar o porquê e quais as suas responsabilidades na abstenção, vejo a classe política praticamente acusar cada português de irresponsabilidade e falta de sentido de democracia, sem entender que para o português comum, não passam de uma corporação de malfeitores sem sentido de serviço público e que vêm nas eleições a oportunidade de engordar as suas contas pessoais, sacrificando o que quer que seja para o atingir. Eleger pessoas assim, é como escolher entre ter xixi e cocó à refeição.

Tenho dito!!!! :) :) :) :) :)
PS: Não levemos as coisas demasiado a sério, refiro-me à parte do terrorismo, esta última é para levar muito, muito a sério!

Deixo-vos uma música, um bom hábito que copiei de um amigo:


R.E.M. Losing My Religion


publicado por BigJoao às 04:49
link do post | Comentar retratos | favorito

.mais sobre o Big

.pesquisar

 

.Novembro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


.posts recentes

. A garrafa

. Amei

. Voo razante

. Dias sempre iguais

. O mundo mudou

. Acorda Portugal

. A elevação

. e tu?

. O retorno

. A sentença

.Posts do tempo da Maria Cachuxa

.tags

. todas as tags

.Links

.Contador

blogs SAPO

.subscrever feeds